Prevenir a doença de Alzheimer é possível.

Há mais de uma centena de anos que são usadas dietas baixas em hidratos de carbono e altas em gordura no tratamento da epilepsia. Aliás, durante largo período de tempo esta era a única forma de eliminar ou reduzir as crises epiléticas.

Este é um dos benefícios para o cérebro deste tipo de alimentação. No entanto há outros, entre os quais a prevenção ou melhoria sintomática de uma série de doenças degenerativas do cérebro. Quem segue esta dieta, em regra geral, aumenta a capacidade de concentração, melhora  a memória, reduz os sintomas do Disturbio de Déficit de Atenção e Hiperatividade e previne ou reduz os efeitos da demência, nomeadamente na forma da doença de Alzheimer.

Há algum tempo atrás, um dos mais respeitados neurologistas americanos, David Perlmutter, esteve no programa do Dr. Oz, o médico da Oprah, a afirmar a sua convicção nos benefícios para o cérebro da alimentação baixa em hidratos de carbono e alta em gorduras.

OzPerlmutterQuanto a mim este é um tema fundamental. Enquanto que no que diz respeito a quase todas as outras doenças induzidas pela alimentação é possível intervir e até certo ponto corrigir os malefícios instalados, este não é o caso das doenças relacionadas com o cérebro.

Mais vale prevenir!

Share

Menos pão, por favor. O coração agradece!

Bread with Caution Tape

Um novo estudo que compara os efeitos na saúde do consumo de gorduras saturadas (carne, manteiga e ovos) com os do consumo de hidratos de carbono (pão, batata, arroz e açúcar), conclui que os hidratos de carbono são potencialmente nocivos para a saúde, nomeadamente do coração, enquanto que as gorduras são seguras. Continuar a lerMenos pão, por favor. O coração agradece!

Share

As calorias escondidas nos adoçantes artificiais

À medida que vai sendo conhecida a extensão dos prejuízos para a saúde provocados pelo açúcar nas suas várias formas, vai aumentando o investimento dos vários fabricantes da industria alimentar em substitutos menos calóricos e supostamente saudáveis. Os adoçantes artificiais enquadram-se nesta categoria.
diet-soda2
No entanto, tal como há muito se suspeitava, estes adoçantes artificiais não são tão inócuos como a industria e até alguns nutricionistas nos querem fazer crer e começa a aparecer evidência cientifica dos seus malefícios. A ironia está no facto de estes ingredientes ditos sem calorias estarem a contribuir para a epidemia de obesidade. Continuar a lerAs calorias escondidas nos adoçantes artificiais

Share

Os (muitos) benefícios de uma alimentação baixa em hidratos de carbono em 30 minutos

ABC Catalyst

Recentemente, a cadeia de televisão Australiana ABC exibiu um episódio do seu programa Catalyst acerca da alimentação baixa em hidratos de carbono. Neste respeitado programa acerca de ciência foram abordados, não só os benefícios deste tipo de alimentação na redução do peso, melhoria da diabetes tipo II, melhoria da circulação sanguínea, entre outros, mas também no incremento da performance desportiva. Não deixe de ver, gratuitamente, online.

Low Carb diet: fat or fiction

Share